Wednesday, December 26, 2007

Segundas impressoes

Ja estou ha quinze dias aqui na family e nem parece. O tempo passou tao rapido que nem senti. Posso dizer que me acostumei bem rapido com a rotina (bem basica nesse comeco, por sinal). So ainda nao me acostumei com o fato de nao conhecer ninguem e ter que ficar em casa mas ate com isso to tendo paciecia. Por sinal, esta eh a palavra chave para quem esta se habituando a uma nova rotina.
Ja ouvi de varias pessoas: "deverias ter ido p/outro lugar" ou "deverias ter ficado perto de quem tu conheces". Acho que se eu vim p/ca (e quem me conhece sabe o qnt demorou p/as coisas acontecerem e eu chegar ate aqui) eh pq eu deveria, inicialmente, comecar daqui. Nao tenho duvidas disso. E se outras meninas estao em NY, por exemplo, ou California (os lugares badaladissimos e q todas querem ir hehehe), eh pq elas deveriam ir p/la. Se nao der certo por aqui, tento me mudar p/algum q eu me sinta melhor.
Outra coisa, nesse programa nao nos damos ao luxo de escolher muito e nem fazer muitas exigencias. Mas tambem nao posso reclamar de nada ate agora.
A familia estah sendo otima comigo! de uma maneira que nao imaginei. Afinal, eles me ajudaram em NY com algo que nao deveriam (roupas + dinheiro p/os meus gastos, q sao obrigacoes minhas ter q pagar). Ah! quando eu cheguei aqui a host ja me pagou no inicio da semana. Nem reclamei ne? hehehehe.
Meu CPF daqui chegou sabado (eh, o correio funciona dia de sabado aqui) e amanha vou abrir conta no banco e comecar a agilizar minha vida. Iupiii!!! carteira de motorista, fazer o teste de nivelamento para o curso de ingles. Por sinal, to apaixonada pelo carro, por dirigir aqui... nossa, eh maravilhoso! o transito eh tranquilissimo, as ruas/estradas sao asfaltadas e tem varias rodovias q foram inauguradas ha 4 meses, ou seja, novinhas. Aqui nao tem pessoas atravessando ou se jogando nos carros e sem ciclistas idiotas se metendo na nossa frente. Thanks, God! hehehehe.
Sim, voltando a familia... no comeco a host me tratou como eh de praxe, com toda atencao e alegria do mundo. Mas logo me coloquei no meu lugar de simples baba e quase empregada da familia hehehe (porque eu ajudo em bastante coisa aqui).
Ja cheguei dando uma geral na sala que as criancas costumam brincar (eles chamam de bassment).
Era brinquedo para tudo quanto eh lado. Fora a mesa de sinuca imensa, duas barracas de camping (uma armada e outra enrolada no chao, me explica p/q isso!), um jogo de fliperama (q eu adoreeei heheheh, amo video game desde crianca) e um cavalo de pelucia que eh imeeeeenso!!! esse bassment eh muito absurdo, cara hehehehe. Ah! o cavalo so fica por um tempo aqui porque eh presente de natal. Por sinal, esse bicho me deu um susto semana passada. Eu acordei 06:00, subi p/ir na cozinha e tava tudo escuro, apenas a sombra do cavalo aparecendo como se fosse um cachorro sentado no chao. Puta merda! dei um pulo qnd vi isso hehehe. So nao gritei pq tava todo mundo dormindo. Ate naqueles gritinhos ridiculos eu to melhorando hahahaha.
Irmas, orgulhem-se, deixei de ser bagunceira e preguicosa hehehe. Aqui tenho q meter a mao na massa todo dia, garotinhas. A banda toca beeeem diferente p/esses lados. E pelo visto ta dando certo porque a *host ja elogiou horrores a arrumacao e limpeza que eu fiz, ate porque tava cheio de poeira. Um horror! *(Thais, hostmother e hostfather significa donos da casa, entendeu? e eu me refiro a eles assim para nao ter q falar o nome e todo mundo ficar:" quem eh esse cara? quem eh essa mulher?" e falando assim "host" todo mundo sabe o q eh; mas aqui eu os chamo pelo nome: Angie e Mark).
Bom, desde inicio eu ja cheguei com o pe atras aqui por causa das milhoes de historias que eu sempre ouvi de varias au pairs.
Apesar de que tudo sempre tem sido otimo aqui. A casa eh linda e aconchegante, a vista para o lago eh maravilhosa porque de manha eu acompanho o nascer do sol desde quando aparece aquela mancha laranja no horizonte (eh inacreditavel e agradeco a Deus todos os dias por isso) e vejo o por do sol da entrada da casa, todo dia. Eh lindo! o meu quarto eh perfeito tambem, nunca mais tive insonia (ate porque sempre to cansada e so quero saber de dormir) e tem tudo o q eu preciso com um closet fofissimo para colocar as minhas coisas e minhas futuras comprinhas hehehehe. Alias, to numa economia q nem eu consigo acreditar. Com duzentos dolares comprei um sobretudo vermelho lindo!!! um oculos de sol (sou apaixonada por oculos), um blusa basica de frio, coisas pessoais (escova de dente, lixa de unha, dois sutias), uma bolsa, os presentes de natal da galera aqui (um livro p/o host e outro p/o Blake, um brinquedo do Star Wars para o Marcus, um sweater para a Angie e um cartao de natal) e ainda sobrou uns uns trinta e cinco dolares, acreditam? fiquei bege tb!
Tenho uma relacao otima com os hosts, eles me tratam muito bem e sempre questionam se eu estou precisando de alguma coisa, se eu quero algo do supermercado, farmacia, shopping...
So peguei uma situacao da host meio chata e q eu nao achei legal (nessa hora todo mundo diz: "oh! o q sera q ela vai dizer?" hehehehe, tchan, tchan, tchan!!!).
Bom, a ex au pair daqui tem 23 anos (ou 24, sei la) e vai se casar com o ex professor da faculdade q tem un 50 e pouco, entao todo mundo que pergunta por ela a host diz:" ela tah otima! vai casar com um cara q tem 50 e poucos anos" (ela diz a idade exata) e todo mundo:" Jura? nao acredito!!!". Sem necessidades esses comentarios delas. Deixa a mulher casar com quem ela quiser, ora... preconceito besta hehehe. Outra, o cara eh gente finissima, muito simpatico e engracado, eu o conheci. Morou no Brasil por dois anos, casou com uma paraense e depois voltou p/ca. Ele fala pouca coisa em portugues porque a maioria eles ta esquecendo mas ainda conseguiu conversar comigo e planeja voltar a morar no Brasil um dia. Ele adorou.
Da p/perceber que a Paula eh apaixonada por ele e vice-versa. Acho q vao dar muito certo.
Sexta teve um jantar de natal aqui para um casal de amigos dos hosts e seus filhos (um garoto da idade dos meninos e duas meninas de 15 e 17 anos que sao muito legais, conversei horrores com elas, ou pelo menos tentei ne? hehehe elas pareciam ter entendido). E eu fui mais que uma au pair nesse dia, acho ate que merecia um dia off a mais.
Acordei as 06:00 (como sempre) e fiquei enrolando ate as 06:20 para acordar o kid maior (porque nesse dia so ele tinha aula, o menorzinho tava free por causa do final do ano) e todos os dias tenho que acordar a essa hora e chama-los. Alias, so chamo o Blake as 06:30 e o Marcus (tadinho) acorda 06:00 e fica arrumado ae virem busca-lo as 07:30. Agora me explica a necessidade do garoto acordar esse horario?! e ele nem reclama, ja acorda quando eu entro no quarto.
Voltando... quando eles saem para a escola (entre 07:00 e 07:30) eu volto a dormir ate as 10:30/11:00 e comeco a cuidadr das coisas deles e de algo que estiver baguncado na sala.
Na sexta, quando o Marcuso tava saindo, o Blake resolveu acordar. Olha q legal! ai desde entao nao parei mais. Fiquei de 06:30 ate 18:00 trabalhando.
Ajudei a host a preparar o jantar. Arrumei a sala, a mesa de jantar, limpei o bassment, descasquei batata... no final eu tava acabada!
Foi bom porque ela ficou toda feliz de ajuda-la e eu fiquei feliz tb.
O jantar foi muito legal, a comida tava uma delicia! a host cozinha muito bem e as comidas sao bem parecidas com as nossas no Brasil.
Eu comi tanto q eu tenho certeza q eu engordei hehehehe. E hj eu tive a certeza, pq fui colocar uma calca jeans q tava folgada no BR e agora ela tah super apertada.
Essa vida de nao sair de casa, da nisso. Como q nem uma condenada.
Mas a comida daqui eh otima e por isso to me acostumando bem. Nao to sentindo aquela falta absurda da comida do Brasil ainda. Alias, minha homesick de Brasil ainda nao pintou. Vamos ver...
Mas enquanto isso to muuuuuuito feliz e a familia tah sendo muito melhor do q eu esperava. Gracas a Deus!!

Beeeeeeeeeeeijos!!!

video

Fotos


Eu e Blake



Manha de natal com os presentes (olha a minha cara de quem acabou de acordar hehehe)

Bom, no dia 25 acordei com o barulho dos meninos correndo na escada (eu durmo no bassment - andar de baixo, entao qnd eles correm, da p/ouvir td!).
Eram 07:30 e eles ja estavam acordados, acreditam? e o bassment cheeeeeeeeio de presentes p/eles pq foi o "Sant Claus" q trouxe hehehhe :D.
Depois de la fomos p/casa da mae da host umas 09:00 em South Carolina, ha umas duas horas daqui. Almocamos, os meninos ganharam mais 500 presentes e fomos p/casa da familia do host.
Gente, q palacio!!!
A casa eh absurda. Tem a maior arvore de natal q eu ja vi na vida. Depois eu coloco as fotos pq ta na maquina do host (me apossei da maquina hehehehe. Vivo batendo foto. Perdi a vergonha hehehe :D
Minha host levou os presentes daqui e me deu uma argola imeensa. Ela sabe q eu amo bolsa grande, brinco grande, oculos grande... hehehe. AMO!
Ganhei um cachecol branco lindo da mae do host (ela fez especialmente p/mim). Alias, ela eh um amor! suuuper meiguinha e super educada.
Aih ganhei 20 dolares do pai do host q eh super esquisito e serio. Uo!
Sim... meu presentes foram: tres blusas, uma par de luvas, dois pares de brincos, um cachecol, vinte dolares e vaaaaaarios chocolates. Adorei! (pensei q so fosse ganhar um dos hosts, acabei ganhando varias coisinhas).
Nessa brincadeira de varias casas, chegamos em North Carolina meia noite e meia. Muuuuito cansados e cheios de brinquedos.
Gente, as criancas devem ter ganhado, cada um, uns 30 (ou mais) brinquedos. Nunca vi tanto brinquedo na vida.
Tadinha das criancas do Brasil, se ganham metade ja eh muito. E outras nao ganham nd. Fiquei pensando nisso depois.
Como a nossa realidade eh diferente da realidade deles e como!

Bom, mas espero q todas tenham tido um otimo natal.

Ah!!!!! tenho surpresas p/o reveillon uhuhuhuhuhuh.
Depois eu conto hehehehehe.
Vou me acabaaaaaaaaaaaaaaaaar

Beeeeeeeeeeeijos!

Tuesday, December 25, 2007

Mais fotos


The Alexander's
*essa arvore nos fomos comprar logo no primeiro final de semana q eu cheguei aqui. Linda!


Meu sweet Blake




Meu little Marcus
Depois eu coloco as fotos do dia 25 e o verdadeiro natal deles hehehe.
Cheguei em casa ainda agora e to na rua (indo de uma casa p/outra) desde 09:00 da manha.
Posso dizer que meu natal foi otimo e ganhei uns presentinhos muito legais.
Beeeeeijos!

Fotos do Natal


Antes de mostrar as fotos queria falar de uma coisinha legal q aconteceu aqui. Na hora do jantar, na vespera do natal, todo mundo tava conversando e eu nem prestando atencao. So pensando na ceia no Brasil e meio triste. Ai o host perguntou: "como eh a sua ceia no Brasil?" e eu expliquei q comemoravamos na vespera, na verdade na meia noite havia a troca de presentes e depois a ceia e ele: " nossa e q horas vcs vao dormir?" hehehehe. E depois me solta essa: "q tal se nos trocarmos presentes hj tb, hein?". Os meninos ficaram felizes da vida ne? e eu tb! afinal, o natal p/mim eh a vespera e dia 25 eh so o almoco com a familia e o cansaco da noite anterior. Achei lindo eles quererem proporcionar o "meu" natal tb. A minha family ta saindo muuuuito melhor do q eu poderia imaginar. Obrigada, papai do ceu!

E agora, para todo mundo que me pede fotos, la vai:



Kids felizes da vida com os primeiros (dos milhares) de presentes


Eu e meus kids lindos!

Eu e a host na vespera do natal (nao sei se da p/reparar o meu nariz vermelho mas eu dei uma choradinha antes dessa foto lembrando do natal com a minha familia no Brasil).








Monday, December 24, 2007

Merry Christmas


Feliz Natal a minha familia querida no Brasil, as minhas amigas lindas e a todas as meninas q leem o meu blog e estao vindo p/ca ou pensando em vir.

Posso dizer a vcs q essa experiencia eh unica, sem duvidas! vale muito a pena vir e abrir a mente para tudo que quiserem aprender aqui.

Espero que na noite do natal todas as angustias e tristezas possam ser esquecidas e sejamos abencoados com uma ceia linda, feliz e cheia de Paz.


Amem!


Thanks, God for everthing!!

ps1: a meia do meio eh a minha :). Liiiindo!!
ps2: essas meias de bichinhos sao dos meninos e eles sao alucinados por "Star Wars"

Wednesday, December 19, 2007

As coisas estao comecando a melhorar por aqui.Hj acordei feliz, tranquila e com um telefonema liiindo. Aiii meu coracao!Os kids estao ficando melhores comigo. O menorzinho ja me chama:"Tayana, vamos jogar playstation?". E na hora do dever de casa quem aprende sou eu. Pq eh tao lindinho ve-lo ler os livrinhos q a professora manda e depois fico toda orgulhosa de ter q assinar os papeis de q ele fez o dever todinho.Hj eles bateram fotos perto da arvore de natal. Primeiro so eles dois e depois com os pais. Amanha o host vai passar para o computador e eu coloco aqui.Natal chegando e eu ainda nao tenho roupa, nao comprei presentes para dar nem a family daqui e nem a minha family do Brasil. =/Preciso da minha carteira de motorista, por favor!!! hehehhee. Nunca pensei q fosse ficar tao dependente de um carro como agora.Ah! me explica isso: como uma criatura consegue queimar as duas maos com o vapor da maquina de lavar loucas e o vapor da maquina de secar roupas? pois eh, to assim, com as duas maos queimadas e a cara de vela (ou velha?) hehehehehe.
BEeeeeeeijos!

Saturday, December 15, 2007

Primeiras reflexoes

Hj tive meu primeiro momento de tristeza aqui.Acho ate q demorou a minha homesick, pq as meninas q vieram comigo todas jah entraram em uma depre absurda de chorar horas e horas, de falar com os pais e namorados (isso eh foda, admito hehehe) e querer sair correndo, enfim... cada um sabe o calo q tem, ne? Talvez a ficha delas tenha caido soh agora. Nao estamos aqui p/diversao. Cuidar de crianca nao eh facil. Estar em uma casa q nao eh a nossa, q nao tem as nossas leis e q nao mandamos em PN, nao eh facil. Estar em uma casa q as criancas simplesmente te ignoram pq amam a ex baba, nao eh facil. Foi isso q me arrasou. Cheguei em casa, depois de um jantar cheio de gente mais velha do q eu e as criancas cagaram p/mim. O menor nao deixou nem eu chegar perto e jah desviou de mim. Me senti uoh!Tu seres ignorada por alguem jah eh horrivel, imagine por uma crianca q tu jah estas te afeicoando. Podre. Nesse momento me senti a mais sozinha aqui.Pq se eu tiver amigos aqui dentro da casa serao eles (os meninos) e soh. Jah fiz umas reflexoes e vih q soh tem essa resposta mesmo.Mas por um lado eh bom, pq pelo menos eles nao fingem e o dia q se afeicoarem a mim sera sincero. No inicio da semana vi uma coisa tao bonita. Fui deixar o menor com a ex baba na escola e ela: " have a nice day, baby" (tenha um bom dia, baby) e qnd ele desceu do carro disse a ela:" ok, Paula, I love you, bye". Eh tao bonitinho ouvir isso de uma crianca q eu fiquei emocionada por ela.Claro q toh com saudades da minha casa, da minha mae, minha familia, minhas amigas e amigos... menos de Belem hehehehe. :DBelem, um dia a gente se encontra mas nao agora. Fique aih q eu fico aqui. Aih dei uma choradinha no quarto, depois do jantar e fiquei bem. E como as coisas sempre acontecem no momento certo, eu vim p/a internet e minha mae tava online no skype (L). Conversamos, conversamos e ela percebeu q eu tava triste e me disse:" toh rezando para q esse momento de adaptacao passa logo e vc fique bem, minha filha"....SAUDADES!!!

Mais de uma semana na casa...

Bom, como o proprio nome jah diz, as coisas passaram bem rapido por aqui...
Cheguei sexta passada por aqui e nem parece. O tempo simplesmente voou!

Nessa semana fui tirar meu security card com o host (q eh o seu cfp nos EUA, basicamente) e soh poderei tirar minha carteira de motorista, abrir conta no banco... depois q esse cartao chegar (no prazo maximo de quatro semanas).
Tive meu primeiro meeting aqui. Tao triste hehehehe, por um lado.
Pq todas as agencias tem umas 500 meninas e lalala. A minha agencia aqui soh tem 3 (contando comigo) e sendo q uma nunca aparece, q a LCC disse.
Ah! falando nela, ela apareceu por aqui tb. Nossa, me caguei de medo dela, inicialmente hehehe.
Pq ela chegou toda seria e aih sentou na mesa comigo e os hosts e veio toda cheia de interrogatorios:" vc estah gostando dos EUA? o q mais a assustou qnd chegou aqui? vc estah gostando da casa? estao te tratando bem? vc estah fazendo algo q nao estah no contrato?" (na verdade estou, pq ajudo bastante na housekeeper aqui mas nao disse nd... e nessa hora o host me olhou arregalado achando q eu falaria algo hehehe).
Depois ela ficou mais calminha com as respostas da host, pq ela disse q ira tirar um cartao debito p/mim por causa das despesas com a gasolina e despesas qnd for sair com as criancas.

Sim, voltando ao meeting... conheci uma au pair espanhola q mora aqui ha 4 meses e eh gente finissima e combinamos de sair semana q vem. Iupiiiiii!! hehehe.
Aih depois jah soube q tem varias au pairs da au pair care por aqui. Inclusive uma delas namora com um garoto brasileiro, q nao abre a boca p/nd o menino hehehehe (essa menina foi com ele p/o meeting).
Minha LCC eh gente finissima! super jovem e se mostrou bem interessada em saber de algo errado q pudesse acontecer e me disse:" nao se preocupe, nao sou americana, sou alema. Jah morei na Argentina, Mexico e no Brasil, entao nao tenho isso de ficar defendendo familias e os americanos, qualquer problema q vc tiver, por favor me avise". Arrasou!!! hehehehe.

Jah conheco algumas coisas de Charlotte e eh uma cidade linda, bem calma, bem calma meeesmo. Ateh entao ne? nao conheco as partes mais agitadas daqui.
As pessoas aqui tem dinheiro e nao usam transporte publico. Por sinal, nem tem.
Entao todo mundo tem carro e eh muito dificil ver algum atravessando a rua. Ah! o transito tb eh bem tranquilo.
No dia do meeting fui a um lugar cheio de lojas, bares, restaurantes, cinema e eh lindo. A minha sorte eh q fica ha 10 min de casa heheheh.
Ah! eu moro em um lago entao a maioria das coisas sao meio longe daqui. Mas nd q um carro nao resolva.
Minha host estah tentando me levar aos lugares q ela vai e tentar me divertir.
Sexta fomos a um restaurante chiquerrimo almocar com mais duas amigas dela. Divertidissimo! as tres sao amigas ha 17 anos (ou mais, nao lembro direito) e agora q casaram, tiveram filhos e lalala soh tem tempo de se encontrar poucas vezes por ano. Entao elas ficaram lembrando da epoca q se conheceram e outras coisas.
Lembrei das minhas amigas :).
Ah! fui em um shopping aqui q eu me achei. Finalmente! hehehehe
Pq aqui e nos EUA todo tem muita roupa cafona, muuuita e os lugares com roupas bonitas (pelo menos na minha opiniao, nd pessoal as meninas q acham q aqui td eh lindo) sao meio caros, aih temos q correr p/a Target q sempre tem uma boas opcoes e baratissimo. Mas nesse shopping as roupas sao exatamente do meu gosto e os sapatos tb uhuhuhuuh.
Alias, a Macys tah com umas promocoes de sapatos otima!
Meninas aproveitem!
Jah pensei na minha roupa do natal ateh hehehe.

Bom, os meninos sentem a falta da ex au pair e eu percebo isso, pq eles me tratam friamente. Com educacao mas muito frios. Aih eu meio q me cansei disso hj e deixei eles sem paparico nenhum e eles nem sentiram falta pelo visto ehehehe. Nao me deram nem bola tb.
Vamos ver como as coisas andam depois...

Beeeijos!

Wednesday, December 12, 2007

Mais fotos


Umas das criaturas mais engracadas desse treinamento e um dos poucos male au pairs. O nome dele eh Goran (tem q puxar o R heheheh) e essa do meu lado eh espanhola, entao sempre q ela encontrava o povo do Brasil ela falava:" Brasili, Brasili, Brasili" dancando q nem Carmen Miranda. Engracadissimo!!! (estavamos indo ver a Estatua da Liberdade e o Memorial do World Trade Center)




Minhas companheiras de NY




Rockfeller Center - liiiiiiindooooooo!!



No Hall do hotel com alguns au pairs






Familia


Final do treinamento e jah dando um nervoso e saudades de todo mundo.
4 dias perfeitos!!
Bom, todo mundo me falou: "ahhh tu falas de NY, Charlotte... mas e a familia?" ok, don't worry!
A family me parece ser boa, ateh entao.
Qnd eu cheguei a host foi me buscar no aeroporto com o Blake (o menor) e um pequeno buque de flores (q agora as rosas estao lindas e imensas!).
Depois fomos jantar em um restaurante otimo e encontramos com o host. O maior estava em uma "going away party" (bota fora) de um amiguinho.
Conversamos bastante ou pelo menos tentei hehehe. Gente, meu ingles sumiu! nao lembro mais (oralmente falando) a gramatica certa na hora de falar... troco o him pelo her, she pelo he... uma cagada.
Ah! antes tb nao estava conseguindo entender a host, nao sei pq. Mas entendo a ex au pair perfeitamente.
Por falar nela, qnd cheguei aqui tinha uma cartinha dela na comoda: "Welcome to America!" e lalalala e mais um presentinho q ela deixou e pedindo desculpas por nao poder ter ido ao aeroporto mas q no outro dia iria almocar com a gente.
Sim, no outro dia fomos almocar em outro restaurante muito bom (italiano) e confirmei mesmo q eles gostam de coisas gostam e uns doces tb. Q bom! pq eu amo doces.
Fomos almocar eu, Angie (host), Paula (ex au pair) e Marcus (o maior) e percebi q elas se dao muito bem e conversam bastante. Bom sinal, nao?
A Paula vai casar e continuar morando aqui em Charlotte. Em dois anos e meio ela jah conhece quase todo mundo hehehe.
Pontos positivos da family:
- Sao atenciosos, vivem perguntando se preciso de algo e me deixam a vontade.
- Meu quarto fica no andar embaixo, q acredito ser o sotao (acho q eh assim q se escreve), entao se eu descer, dificilmente eles vem p/cah me chamar. Geralmente dizem p/os meninos me avisarem de algo. Entao tenho uma boa privacidade.
-Vou dirigir um bom carro e eles estao tendo paciencia comigo na direcao, jah q nao dirigia muito no Brasil.
- Eles jah estao providenciando: security card, terei uma conta e cartao de credito e debito p/as despesas com gasolina e dinheiro p/sair com as criancas.
- No domingo fui comprar um cel p/mim com o host e ele pediu p/eu dirigir p/ver como eu estava. Sem muitos problemas, eh tao facil...
Sim, meu cel tem 450min p/falar e 210msg e p/o cel dos hosts nao gasto nd, eh free. E falo com todo EUA free tb a partir da 9pm e nos finais de semana. So good!
- Posso ligar p/minhas amigas q mora em NY, NJ, VA... sem problemas.
- Ela me paga no inicio da semana. Ou seja, jah recebi meu primeiro salario da semana. Iupiii!
- Vou comecar a estudar em janeiro ESL em uma faculdade daqui q parece ser boa e fazer outras aulas legais, tipo danca, academia, pintura... algo desse tipo. Parece ser bem legal.
Pontos negativos:
- Tenho curfew de 11pm durante a semana e 12am nos finais de semana se tiver com o carro. Sendo q nao tenho como sair daqui sem carro, q tal? hehehehe
- Sabado a Paula me chamou p/uma festa com uns amigos dela mas a host nao queria muito q eu fosse (eu percebi) mas aih fingi q nao tava entendendo o q ela tava falando hehehehe. Pq tem coisas mesmo q eu nao entendo e tem outras q eu prefiro ficar calada. Nessa eu me fingi de morta.
- Tenho q ajudar na housekeeper da casa. Essa eh a parte mais chata. Sorte q a casa nao eh grande. Entao eh rapido.
- Nao sei como serao nos feriados mas acredito q trabalharei normalmente. E se eles viajarem, nao sei se terei q ir ou terei a opcao de fazer algo q eu queira. Bom, eles devem falar isso depois.
Depois me digam o q vcs acharam.
Ontem a LCC veio aqui p/nos conhecermos.
Nossa, fiquei assustada pq ela faz varias perguntas: se eu tenho algo p/falar sobre a family, se aconteceu algo q eu tenha me espantado ou nao estivesse no combinado... (coisas desse tipo). Mas aih ela parece ter gostado dos hosts pq td o q ela perguntavam, eles tinham uma boa resposta, aih ela ficou assustada eu acho heheheh.
Ah! tenho meu primeiro meeting aqui. Vamos ver como eh :).
Espero fazer amizades logo, ando me sentindo meio sozinha e as meninas q vieram comigo jah conhecem varias pessoas da mesma regiao q a delas.
Bom, eh isso... toh tranquila e feliz.
Depois eu conto mais e coloco mais fotos.
Beeeeeeeijos!

Monday, December 10, 2007

Treinamento - Primeiras Impressoes

Oiii people!!Antes de mais nd, queria pedir desculpas aos amigos(as) queridos(as) e amados(as) q foram lah em casa me dar um beijinho. Desculpa se eu fui estupida ou desatenciosa. Naquele dia a minha cabeca tava a mil com medo de esquecer algo, de esquecer de deixar td certinho p/minha mae e pensando em outras quinhentas mais. Enfim, amo vcs absurdamente, amigas, amigos e minha familia!!!
Vcs nao tem ideia do qnt q eu me acabei de chorar no aviao. Pq depois q eu entrei na sala de embarque fiquei otima e ainda esperei por quase uma hora (o q eu poderia ter ficado mais com vcs mas nao sabia). Mas depois disso me deu um aperto tao grande, tao absurdo... q a mulher do meu lado acordou com os meu solucos e a aeromoca me deu um lenco desesperada achando q eu tava passando mal heheheh. Me passou tanta coisa na cabeca, um medo desesperado, uma saudade da minha mae e do chamego dela, a inseguranca de saber q nao posso estar com ela no momento q ela precisar... pensar nos momentos com a minha familia e meus amigos e talvez nem more mais em Belem, Enfim... aih dormia, acordava, chorava... ateh chegar em SP.
Cheguei lah as 7:00 da manha +ou- e fiquei ateh as 23:30, q tal? :) hehehhe. Aih tinha combinado de encontrar umas meninas do orkut no mesmo dia de embarque q eu. Soh q a primeira soh iria chegar as 11:00, entao encostei minhas malinhas e dei umas belas cochiladas em umas mesas de lanche heheh.
Depois das 14:00 eu comecei a encontra-las e o tempo passou voando, mas ainda tive q enfrentar 5h em pe p/pegar o embarque. Pq embarque internacional sao duas horas antes e todo mundo chega beeem antes de abrir (pq ele tem horario p/abrir, ainda tem isso). Entao imaginem, no sabado eu nao dormi direito pq o bota fora foi na sexta e de manha fui no cemiterio (por causa do meu pai) de manha cedissimo e aih nao parei mais. Soh consegui almocar 21:00. Ou seja, entrei no aviao caindo de sono. Absurdamente. Soh fiz jantar (uma comida otima, por sinal, pq depois da Gol ninguem mais sabe o q eh ter refeicao em um voo) e dormi q nem um anjo. Acordei faltando 1:40min de voo, sendo q o tempo de viagem (sem fuso horario) sao 8:00 hehehhe. Tava precisando descansar um pouquinho...
Bom, cheguei em Washington DC umas 6:00 da madruga mas soh sai da sala de desembarque quase 8:00, eu acho ou mais, sei lah. Pq tive q passar por uma fila imensa da imigracao, mais um outro interrogatorio quase igual ao visto. Sendo q o cara foi suuuuper frio e ainda me olhou com cara feia pq o meu visto nao tinha carimbo nenhum e veio todo grampeado. Me caguei de medo! mas deu td certo.
Mas eh uma pressao tao grande p/entrar nesse pais q eh inacreditavel. Eles perguntam se tem liquido, gel... tem q tirar o sapato tb p/passar no sensor. E as tuas malas ficam misturadas com umas 500 e sendo q quase todas vao p/outros lugares tb. Eh um tiro no escuro.
Nem pude sair de DC pq nao tinha como me locomover e nem sabia p/onde ir. E nos (eu, mais duas meninas e um menino au pair) nao iamos ter muito tempo e acabou q ficamos conversando com umas meninas brasileiras q nos reconheceram pela cara hehehehe. E mais umas americanas q iam embarcar tb.
Dah saudades de lembrar desses primeiros momentos e das primeiras impressoes.
Bom, cheguei em NY umas 3:30 da tarde e jah tava beeem frio. Desde a saida do aeroporto jah tava um vento absurdo e as folhas do outono no chao. Lindas, lindas, lindas... me admiro ateh aqui em Charlotte.
Fiquei besta com as casas simples, bonitas e a organizacao das ruas, olhando de dentro do aviao. Eh td perfeitinho, as casas todas iguais e lalala... eh como se fossem varios condominios fechados do Brasil. Muito fofinho!
E tem outras mais simples e bonitas q sao os "queens" (favelas), como disse o motorista. Se ele visse o q eh uma favela, com certeza ele iria pedir p/sair heheheh, entenderam, entenderam? (desculpa, Lora, nao tive como me controlar, amiga).
Sim, chegamos no hotel q fica bem no centro de Manhattan e eh carissima a diaria. Gente, pqp, eh um hotel chiquerrimo. Soh faltei me cagar qnd eu vi. Me senti a Julia Robert entrando no hotel de "Uma Linda Mulher". Ateh a Deda disse: "porra, amiga, eu toda preocupada contigo e tu com cia e num hotel chiquerrimo no centro de td".
Jah chegamos deixando as malas, correndo p/tomar banho e sair p/comer e conhecer a cidade. Ainda tivemos a sorte de sermos os primeiros a chegar, entao estavamos off a segunda toda pq o treinamento soh iria comecar na terca de manha.
Ah! falando em Julia Robert a minha coordenadora eh muito parecida com ela e tem um nariz identico ao dela. Eu nunca vi um nariz tao perfeito na vida (o Michael Jackson disse:" ahhh desgracada! era o meu sonho") e a mulher tem um sorriso perfeito, um dente absurdamente branco e um sobretudo vermelho chiqueeeerrimo. Feshow! aih nao me aguentei e disse a ela q eu tinha amado o sobretudo e ela: "oh, obrigada! a sua bolsa combina com ele". Gente de bom gosto reconhece outra de longe hehehehhe.
Sim, da janela do meu quarto dava p/ver o Empire State Building e paineis luminosos (publicitarias (os) me ajudem se eu tiver errada hehhee).
Fomos a um restaurante chines lah pertinho (q tinha massa tb, nao me perguntem pq) e a fdp da mulher ainda me enrolou um prato, ou seja, perdi 5 dolares. De besta ela soh tinha o olho de japa, ops... chinesa heheheh.
Tu pagavas 5 dolares por 5 tipos de comida, aih a mulher colocava naqueles pratos de escola americava q vem todo dividido. Nossa era tanta comida lah, q nem dava p/pensar direito e escolher pq a fome jah era insustentavel hehehe. Vou comecar a dar as minhas impressoes daqui e falar o q eh verdade e o q eh mentira:
1a - eh verdade q aqui td eh em grande qntidade e os doces sao aquelas roscas imensas q soh de olhar tu nem tens mais vontade de comer (ateh q apareca a 1a tpm).
2a - as pessoas soh engordam aqui se quiserem, pq ninguem enfia comida na boca de ninguem, quem escolhe es tu.
3a - a comida nao eh tao ruim como dizem (eu disse a comida, comida, viu? e nao fast food). Nesse restaurante dava p/comer tranquilamente uma comida gostosa e sem muita pimenta, mas tinha q saber escolher, pq aqui o tempero eh forte. Peguei um pure de batata otimo e uma massa otima tb.
4a - nem td eh tao barato assim. Pq tem muita coisa com os mesmos precos do Brasil, eh soh converter a moeda. No entanto, NY nao eh padrao de nd, pq lah td eh caro.
5a - NY eh uma cidade com muuuita gente feia, muuuita gente mal educada, muuuita gente q fala ingles errado e muuuita gente sem paciencia p/explicar nd. Eles acham q tu tens a obrigacao de saber espanhol tb e se tu nao entenderes o ingles e o espanhol deles: "procure alguem q saiba falar ingles e depois me retorne", foi o q eu ouvi da telefonista do hotel qnd eu pedi uma informacao e ela ainda bateu com o telefone na minha cara.
6a - Au pair aqui eh o coco do cavalo do bandido. Todo mundo ganha mais q au pair. Todo mundo!
7a - Em NY td eh "tip", trocado p/algum servico q se faca. Se tu estas em um restaurante com amigos, cada um tem q deixar 1 ou 2 dolares de gorjeta (tip). Se tu pegas um taxi tem q deixar 5 (imagine qnts 5 essa criatura nao pega por dia).
8a - Quero saber onde fica essa imagracao do Mexico, acho q soh na novela da Gloria Perez, sinceramente heheheh. Pq o tem de mexicano lah... puta merda, dah vontade de rir hehehhe e arabe tb. Eles estao (liiiindos q soh eles) por todos os lados. Tem lojas e barracas nas ruas e em td qnt eh buraco.
9a- NY eh SP praticamente. Gente correndo p/todos os lados e eh a cidade q nao dorme nunca. Eu dormia e acordava ouvindo as buzinas dos carros (saudades, pq aqui em Charlotte nao tem isso).
10a - As calcinhas sao mesmo 8 ou 80. Umas vem bem cavadas na frente mas atras sao imeeeensas hhehehehe. Uoh!!! e as menores sao fio dental. Nao tenho escolha, terei q comprar essas.
11a - A Victoria Secret eh um luxo! os gloss sao lindos e super baratos. Nao ressecam como os da Maybelline e dois custam 10 doletas. Adorei! as promocoes de lah sao muito boas e as bolsas sempre vem cheias de perfumes e hidratantes. Ah! tem varias fotos da Giselle Bundchen (nao sei como se escreve) por lah, viu, Thiago? (irma, Thais, tu irias enlouquecer ali. Soh lembrei de ti!). Acho q aqui em Charlotte nao tem Victoria Secret =/.

Bom, em cada lugar q eu olhava em NY eu lembrava de alguem: Victoria Secret, Times Square, Rockfeller Center, os 500 musicais q tem lah e tem ateh uma loja "digna" chamada Rainbow (acho q se escreve assim). Foi lindo, lindo, lindo!!Conheci uns male au pairs q sao completamente a cara de vcs (amigos) e eu pensava:"os meninos iam adorar isso aqui" e as lojas dos "ticanos" entao?! meu deus!!! vcs iriam enolouquecer. Td falsificado e barato. Comprei uma bota preta por 15 dolares hehehe. Uma american march twenty five heheheh. Entenderam, ne?Fui no memorial do world trade center. Mas eh tao triste lah. Um buraco imenso, uns homens trabalhando e varias placas: " The heroes of September 11, 2001". So sad :(. Nesse mesmo dia dei um tour com os pairs (entendam: homens e mulheres) p/ver a estatua da liberdade e ver NY toda iluminada. Peguei aqueles navios q cortam a ilha de Manhattan e nao paga nd. De lah a cidade fica igual aquelas cenas de filme. NY de longe e cheia de luzes. Linda! nao conseguia parar de olhar hehehehe. Igual a uma caboca e morrendo de frio. Mas foda-se! nao eh qualquer caboco q consegue isso, nao eh? muitos nao tem nem a coragem de sair de Belem, o q dirah de cruzar o atlantico.Mas foi maravilhoso e inesquecivel. Principalmente pelas pessoas q eu conheci. Todas de paises diferentes e todas meio malucas, independente da lingua q falavam hehehe.
Depois de lah rodamos a Times Square toda atras de um restaurante mexicano, pq a au pair mexicana queria comer comida do pais dela. Aih encontramos um maravilhoso e com uma comida bem parecida com a do Brasil. Costela de porco, camarao empanado, pao caseiro (iguais a aqueles do Sul) e tempero barbecue. Excelente! Bom, no comeco eu fiquei com vergonha e receio do meu ingles. Mas depois deixei fluindo e agora toh comecando a entender os q falam mais rapido. Mas ainda eh uma questao de tempo e fico me policiando p/nao usar a gramatica errada. Por isso q to doida p/comecar a estudar e relembrar o ingles escrito e falado corretamente.
Depois de passar 4 dias lah e andar p/td qnt eh lado, eu jah sabia ateh a sequencia das lojas heheheh. Buuuut all it's sweet overed!Meu voo de NY atrasou duas horas e eu tava no aeroporto desde as 9:30, sendo q ele soh saia as 13:05, q tal? Aih um cara puxou assunto comigo: "vc eh latina? ou espanhola, italiana...?", "nao, sou brasileira", " ahhh eu sabia! vc nao tem cara de americana". Um gatinho q eu jah tinha sacado esperando o mesmo voo q eu hehehe, rah! Ele eh slavo (se eu nao me engano) e tem umas lojas de brinquedos em algumas cidades daqui. Soh q como o voo atrasou e ele tinha q ir p/New Orleans (acho q eh assim) correndo pq tinha gente esperando por ele. Aih ele mudou de voo. Quem sabe um dia a gente se encontra.

Chegando em Charlotte:
A host foi me buscar com o menor (Blake) e ele tava com um pequeno buque na mao. Muuuuito fofinho! e o maior tava em um bota fora de um amiguinho (por sinal, a casa desse garoto parece um castelo, ateh a host se admirou no outro dia).
Aih no aeroporto ela me disse: "Agora vamos jantar. O Mark (host) vai encontrar a gente lah", jah pensei q fosse algo ruim mas q nd. O restaurante era maravilhoso, lindo e cheio de pessoas bonitas e elegantes. Completamente de NY.
Aqui nao eh frio como lah, q tu tens q usar varias blusas, calcas... dah p/usar uma blusa de manga comprida, um casaco de couro e pronto. Sucesso!
Mas a host disse q o frio ainda nao chegou, vamos ver...
A casa aqui eh bem bonita e grande p/os nossos padroes brasileiros.
Minha rotina vai ser completamente diferente e meu ritmo de vida sera outro. Sem duvidas!
Aqui soh se ve predios em downtown de Charlotte. No resto na cidade eh td plano. Lojas, shoppings, bancos... de grande soh vi a Target pq fica em downtown.
Nao tem condicoes de sair sem carro... ateh pq o transporte publico nao passa por onde eu moro. Alias, moro em um lago (praticamente o Lago Azul hehehe). As casas todas lindas, enfeitadas para o Natal e nao tem iluminacao na pista. Parece filme de terror hehehe.
Tenho um quarto e banheiro soh p/mim e ainda tem um closet fofissimo.
Os meninos sao completamente ligados a ex au pair (ela estah aqui ha 2 anos e meio) e sao muito carinhosos com ela. Mas nao deixam de ser educados comigo. O q eh dificil aqui nos EUA. Td eles falam: "por favor, com licenca, obrigado ou entao de nd". Tem a paciencia de me explicarem as coisas e sempre respondem ao q eu pergunto, por mais q eu pense q eles nao escutaram.
Mas ainda nao sei como lidar com eles. Alias, se tiverem dicas, to aceitando.
Ontem fomos a um restaurante italiano (excelente tb) no almoco e vi q eles gostam de boas comidas e vegetais. Pq eu amo tb.
Hj fomos em um lugar q vende arvore de natal de verdade. Eh uma parte rural q fica na Carolina do Sul, aih sao varias arvores. A q tu gostares, eles cortam. Eh muito legal.
Enquanto estavamos comecando a enfeitar, o host disse q me levaria p/comprar um celular e queria ver a minha direcao. Putz, me caguei de medo hehehehe e disse a ele.
Cara, mas aqui eh tao facil de dirigir q nem dah medo. Pq com direcao hidraulica e sem marcha, td eh so easy! ateh o Blake disse:" oh, very good job, Tayana", depois q chegamos em casa hehehe. Ele eh muito fofinho. Tem os olhos mais lindos e azuis q eu jah vi. Acho q sera mais facil conquista-lo do q o maior.
Bom, minhas aulas comecarao em janeiro, eu acho. Toh louca p/q isso aconteca e eu posso me comunicar aqui. Eh uoh isso de tu nao conseguires explicar coisas tao simples.
Enfim, nos primeiros meses tenho q ter minha cabeca bem concentrada e estar cheia de forca de vontade. Pq eh um mundo completamente diferente. Ainda mais por ser uma cidade pacata e eu ainda nao conhecer ninguem. Adaptacao eh fogo.
Eles estao me tratando muito bem e estao apostando muito em mim (percebe-se neh?). Vou fazer o meu melhor tb.
Ah! toh adorando os EUA. A vida aqui eh boa, agradavel e tu podes ter varias coisas se tu tiveres um trabalho qualquer. Quero conhecer muitos outros lugares por aqui. Se deus quiser!
Espero q vcs tenham gostado. :)

Muitas saudades! Amo vcs!!!!

Beeeeeeeeeeijos!

ps: depois conto mais coisas. tenho q correr agora! hhehehhee

Tuesday, November 27, 2007

4 days

Bom, são 4 dias p/deixar o Brasil e 3 p/deixar Belém (meu vôo é às 01:05 da manhã de domingo, então praticamente sábado ainda heheheh).

Não tenho muitas news, eu acho.
Mandei um e-mail p/host perguntando se eu poderia ir visitar uma amiga em Newark/NJ no reveillon (entenda-se: do lado de New York) e ela me respondeu: "Tayana, não nos importamos q vc viaje, apenas gostaríamos q vc voltasse na noite do ano novo pois no outro dia todo nós iremos trabalhar". Q delícia, hein!
E uma amiga q está lá me disse uma coisa certa: "Bem-vinda à América, gata! aqui o povo trabalha".
É o foda é isso, me conscientizar q serei uma au poor e tenho q "dançar" conforme a banda toca. Senão depois quem vai dançar sozinha serei eu. Se é q vcs me entendem.
Mas já fico feliz de saber q essa minha amiga vai me buscar em NY, vamos patinar no gelo e de quebra ainda vou levar uma amiga comigo huhuhuhu.

Bom, já arrumei as minhas coisas pq tava com medo de ficar com preguiça e só arrumar no dia (coisa q eu sempre faço em todas as viagens). Só coloquei as roupas mesmo, ainda falta os sapatos, presentinhos, bijus e outros trequinhos.
O melhor de td: as roupas couberam em uma única mala. Fiquei tão feliz! aliás, só escolhi as q mais gosto e tenho usado mesmo (apesar de q são todas de verão) pq se o resto eu já não uso aqui, imagine lá hehehehe.
Outra coisa... meu vôo Bel/SP é doméstico, então liguei p/Tam p/saber a qnt de malas/quilos poderia levar (já associando ao meu vôo internacional): "senhora, somente uma mala de 23kg". Palhaçada, né?
Ah! queria saber se eu posso levar meu perfume na mala despachada, vcs sabem?? pq já me deram tantas recomendações e já fizeram um bicho de sete cabeças sobre a imigração q eu nem sei o q devo e posso levar mais, sinceramente.

Bom, people, é isso...

Tá quase chegando!

Beeeeeeeeeijos!

Tuesday, November 20, 2007

Neeeeve!

Uma amiga me deixou um scrap: "Te prepara q nevou hj!"

Ou seja, muuuuuito agasalho nessa hora.
Cara, q medo!!! o meu problema não é qnd chegar em NY pq sei que essa amiga e mais uma amigona minha estarão no aeroporto e me prometeram levar um casaco, luvas, gorro e uma blusas bem quentinhas hehehe. O problema será em DC.
Meu vôo faz conexão chega lá às 6am e só sai às 12pm. E aí? o q eu faço nessas 6h de frio? fico dentro do aeroporto? hehehe. Nem pensar!
Já me basta ficar o dia inteeeeeiro em Guarulhos. Eu amo viajar mas ficar dentro do aeroporto é uó!!

Beeeeeijos, girls!!

Sunday, November 18, 2007

Outras novidades

Sexta fiz uma cirurgia para tirar um nódulo do seio direito. Isso tava me tirando o sono deeeeeesde outubro. E foi justamente por isso q não embarquei antes. Pq pelos hosts eu já estaria lá desde o início do mês mas aí eu adiei por causa desta cirurgia e por causa do casamento de uma grande amiga minha (dia 13/12). Neste último caso não poderei comparecer, enfim... tentei :(.
Voltando à cirurgia... foi bem tranquilo, acho q não durou nem uma hora. O médico usou uma anestesia local e fui assistindo td pelo computador. Não levei ponto nenhum. Só espero ver como ficou depois.
Mas aí coloquei uma cinta uó e passei a noite dolorida e sem poder me mexer direito.
No sábado voltei ao consultório e coloquei um daqueles sutiãs pós operatório e terei q ficar com eles por dez dias e depois "bye bye Brazil".
A única coisa q não posso fazer é carregar peso. O resto posso td, td mesmo. Até beber eu posso, olha q coisa! :).

Quando pintam as news tenho q contar logo, senão eu esqueço hehehe.
Hj recebi um e-mail: US Airways Travel Confirmation.
Achei estranho porque na quarta eu recebi o e-mail da minha agente com a minha passagem p/NY (nem contei né? pois é, esqueci!). E agora, no domingo, recebo um outro e-mail.
Para minha surpresa é a minha passagem de NY p/Charlotte :). E, logo em seguida, recebo um e-mail da minha host dizendo que já tinha comprado a passagem e agência me mandaria por e-mail.

Já tenho td pronto agora. Todas as passagens em mãos. Só me resta partir.
Mentira! ainda tenho umas coisas p/resolver aqui e esperar a ficha cair. Pq mesmo depois do visto, mesmo depois das passagens e mesmo depois da minha cirurgia... a minha ficha ainda não caiu. Tô esperando né? hehehe

Beeeeeijos!!

Postar para não enferrujar

Bom, ando meio sem tempo (essa desculpa é clássica qnd estamos com preguiça de vir aqui e escrever algo heheheh) e sem muita criatividade para um post.
Acho q já tenho idéia do q dar de presente à minha host family. Vamos lá:

Hosts: Toalha bordada com o nome e bandeira do Brasil
Havaianas
Blusa do Brasil
Lembranças daqui de Belém
e alguma coisa de interessante que encontrar de bijuteria para a host

Kids: Blusa do Brasil
Dominó em inglês
Havaianas
e mais algo de interessante que eu encontrar para crianças de 11 e 9 anos (agora, o quê?)

Atual au pair: Havaianas
e Blusa do Brasil

Todos: Chocolates daqui do Pará e geléias de cupuaçu, bacuri, graviola, café...
E ainda os mapinhas que a Embratur me mandou.

Tão diferentes os meus presentes, não? hehehehhe. Ahhh como pensar em algo p/dar a pessoas que eu não conheço direito? sim, pq dizer que eu os conheço direito, é mentira.
Pensei em dar kit caipirinha ou outra cachaça, mas aí eles nunca disseram que bebiam, então achei melhor nem levar. Mas me disseram que adoram chocolates e doces. E como aqui em Belém tem doces maravilhosos, achei uma boa idéia.
Se alguém tiver alguma dica interessante, tô aceitando.

Beeeeijos!

Tuesday, November 13, 2007

Mudando de assunto, again...

http://www.youtube.com/watch?v=y8dQP5srrGk

Vanessa da Mata - Boa Sorte / Good Luck

Vanessa Da Mata feat. Ben Harper

É só isso
Não tem mais jeito
Acabou, boa sorte

Não tenho o que dizer
São só palavras
E o que eu sinto
Não mudará

Tudo o que quer me dar
É demais
É pesado
Não há paz

Tudo o que quer de mim
Irreais
Expectativas
Desleais

That's it
There is no way
It's over, Good luck

I have nothing left to say
It's only words
And what l feel
Won't change

Everything you want to give me
It too much
It's heavy
There is no peace

All you want from me
Isn't real
Expectations

Tudo o que quer me dar
É demais
É pesado
Não há paz

Tudo o que quer de mim
Irreais
Expectativas
Desleais

Mesmo, se segure
Quero que se cure
Dessa pessoa
Que o aconselha

Há um desencontro
Veja por esse ponto
Há tantas pessoas especiais

Now even if you hold yourself
I want you to get cured
From this person
Who poisoned you

There is a disconnection
See through this point of view
There are so many special people in the world
so many special people in the world in the world
All you want
All you want

Tudo o que quer me dar /Everything you want to give
me
É demais / It's too much
É pesado / It's heavy
Não há paz / There is no peace

Tudo o que quer de mim / All you want from me
Irreais/ isn't real
Expectativas / Expectations
Desleais

Now we're Falling into the night
Um bom encontro é de dois

Boa Sorte a tudo q possa me deixar triste, p/baixo e q não vale a pena na minha vida. Daqui por diante: New life is coming! yeeees!

ps1: o Rio me fez pensar bastante em td o q quero p/minha vida e a td o q possa ser interessante. E voltei arrasada de lá tb. Sou apaixonada por aquela cidade. Mas um dia eu volto. :)
ps2: precisava desabafar hehehehe. Sorry!

Monday, November 12, 2007

Dia V

Cara, qnt tempo q eu não venho aqui né??
Mas isso foi por pura falta de tempo mesmo.
Dia 01/11 fui p/o Rio de manhã p/aproveitar o feriado do dia 02, tirar o meu visto e me despedi da Cidade Maravilhosa q eu tanto amo.
Bom, vamos lá...

Meu visto foi foda!!! muito mesmo.
Primeiro, não sou mais estudante. Sou profissional há quase 3 anos então imaginem q as coisas são bem mais difíceis p/mim. Não tenho vínculos com o país e nem tinha grandes documentos para apresentar tb. Ah! ainda consegui um atestado com a mãe de uma amiga dizendo q trabalho há seis meses na empresa dela.
Bom, minha entrevista foi na segunda dia 05/11 às 08:00.
Sendo q no domingo fui dormir às 04:15 (preenchendo aqueles DS todos e mais outras coisas) e acordei às 05:15 num pulo da cama.
Para "melhorar" a situação, estava chovendo desde domingo no Rio e acordei com uma neblina desgraçada, uma chuvinha chata e eu sem agasalho algum, q tal?
Enfim, peguei o metrô e cheguei no consulado às 07:00 (detalhe: eu tinha q estar lá desde às 06:00 hehehehe. Mas não consigo ser pontual. Não adianta).
Sorte q tem um toldo do lado de fora do consulado, aí não me molhei.
Ainda tentei puxar papo com umas meninas lá mas todas work and travel ou estudantes mesmo. E ainda estavam sem famílias. Aí eu pensava: "porra, se o visto delas for concedido o meu tem q ser tb né? afinal, já tenho family e td...". Enfim, fiquei lá na minha.
Às 08:00 a moça vai lá fora conferir os nomes e documentos de todo mundo e tava td certinho.
Qnd eu entrei no consulado o rapaz da senha me barrou: "olha a sua foto tem data de mais de 6 meses, vc tem q bater outra" e eu: "mas e agora? como vou conseguir isso às 08:00 da manhã e com uma chuva dessas?", "bom, vá lá fora, bata outra e volte aqui comigo sem precisar de fila e tome a sua senha logo".
Tive q sair do consulado, na chuva, perguntei a uns guardinhas lá e até q um cara me viu andando com uma pastinha na cabeça hehehehe e disse: "senhora, leve o meu guarda-chuva p/a senhora não se molhar e depois me dá" (ohhh achei tão fofinho da parte dele).
Achei um absurdo pagar R$10,00 por duas fotos 5x7, mas enfim né? no desespero q eu tava, não tinha outra opção.
Voltei ao consulado, entrei, sentei e esperei a minha vez.
Acho q fui chamada às 09:15, por aí...
Qnd eu vejo: "senha 24, cabine 10". Uiiiii. Fui lá...

Consuler: "Good morning..."
Eu: "Good morning..." (putzzzz vai ser td em inglês, fudeu! heheheh)
C: Por quê vc quer ir p/os EUA?
E: Quero melhorar meu inglês e voltar p/o Brasil p/trabalhar com comunicação internacional.
C: Deixe me ver, vc é publicitária, não é?
E: Sim
C: E vc está trabalhando?
E: Estou
C: Então pq vc quer sair do seu emprego p/ser babá? (tipo... pq vc quer fazer uma besteira dessas? hehehehe)
E: Quero melhorar meu inglês e voltar p/o Brasil p/trabalhar com comunicação internacional. (repeti)
C: Ok. Fale-me sobre a sua family.
E: The Alexander´s family. (ela ficava me atropelando de vez em quando)
C: E as crianças? qnts são e têm qnts anos?
E: São dois meninos. Marcus de 10 anos e Blake de 9 anos.
C: ok. E pq vc quer ser babá? pq deixar seu emprego? (ela me perguntou isso umas 500 vezes), vc é formada?
E: Sim
C: Por onde?
E: Pela Universidade da Amazônia
C: E as suas experiências com crianças? kd? não estou vendo aqui (e ela ficava revirando os papéis da agência e os DS. Nessa hora eu já tava me cagando né? e pensei: "putz, é mesmo, eu vim com tanta papelada q o mais importante eu não trouxe nd... as experiências")
C: Fale-me sobre as suas experiências..
E: Cuidei de duas crianças, Maria Eduarda e Fernando no ano passado e metade desse ano.
C: Se vc trabalha, q horas vc cuidava dessas crianças? (hahahahaha, essa foi foda! mas eu fui mais rápida)
E: Eu cuidava delas nos finais de semana, eu era babysitter.
C: Só não entendo pq deixar a sua profissão p/ser babá?
E: Pq essa foi a maneira mais viável q eu encontrei de morar nos EUA e melhorar meu inglês (até q eu cansei, fui bem sincera e entreguei p/Deus a partir disso).
C: E os seus pais? fale-me deles... o q eles fazem?
E: Meu pai é falecido (nessa hora ela arregalou o olho heheheh). Mas ele era engenheiro e minha mãe é professora.
C: O seu trabalho sabe q vc vai viajar?
E: Sabe. Inclusive eu trouxe uma carta de lá.. (td inventado, claro hehehe
C: Ok, deixe-me ver. Hummm vc trabalha há pouco tempo, então não tem problema. Mas eles vão esperar vc voltar?
E: Sim.
C: O q faria vc voltar ao Brasil se vc pode ficar lá?
E: Minha mãe, minha profissão... não tenho o objetido de morar lá. Quero voltar p/o Brasil. (e é verdade mesmo)
C: Vc têm irmãos e irmãs?
E: Sim. Tenho duas irmãs, de 34 e 28 anos.
C: O q elas fazem?
E: Uma é secretária e a outra é administradora
C: Vc tem carta da sua família americana?
E: Tenho.
C: Deixe-me ver...
Aí ela leu e disse:
"So... ooooook! pague a taxa e volte aqui comigo". Ufaaaaaaaaaaa!!! acabou :)

Po, foi uma sabatina hein!
Mas qnd eu voltei lá, ela me disse: "good luck with the kids!" e riu.
Mal eu sei o q me espera né? foi +ou- o q eu entendi hehehehe. Mas tá td certo.
Consegui e fiquei muito mais aliviada.
Saí de lá e fui em uma padaria comer algo e mesmo assim ainda não tinha caído a ficha. E me deu uma vontade enorme de chorar e todo mundo da padaria me olhando hehehe. Pq meu olhos estavam cheios de lágrimas.
Falei com a minha irmã q mora no Rio e ela me encheu de parabéns e de palavras bonitas. Fiquei tão emocionada. Q liiiiiindo!!
O mais legal é o apoio da família. Nd paga isso, nd!!

Beeeeeeeeeeeeeijos!

Friday, October 26, 2007

Atendendo a pedidos


Home sweet home :)

Como várias meninas já me perguntaram e perguntam se eu já vi a casa q eu vou morar, a´pi está ela. A casa da minha family.
Achei uma graça! (vamos ver se depois de alguns meses trabalhando lá eu ainda a acharei assim hehehehehe. Brincadeira! ela continuará linda independente de qualquer coisa).
No cantinho direito tem uma imagem pequenina da casa de como ela era sem esse jardim na frente. Acho q esse jardim deu um "tchan" q estava faltando, já q ela era só toda neutra e agora está toda coloridinha.
Espero q gostem!

Beeeeijos

Thursday, October 25, 2007

Mudando de assunto...

Uma amiga me apresentou minha melhor amiga agora: Tati Bernardi
Se vcs puderem, entrem no blog dela: : http://blonicas.zip.net/.Peguei um trechinho:

(...)Quase nunca to morrendo de saudades de alguém, não existe a
menor chance de eu amar algum desses trastes que me aparecem e caguei se
eles me dão ou não muita atenção. Mas ainda assim falo, ainda assim mando
uma frase dessas. Só pra ter o triste prazer de ver o covarde ficando branco,
escondendo os dentes, enfiando o pinto no cu. E sumindo finalmente da
minha vida.
É o jeito que arrumei de me rebelar contra essa hipocrisia masculina. Eles
podem dormir na casa da gente, enfiar o pauzinho no meio das pernas da
gente, pedir uma torradinha com requeijão de manhã, mijar pra fora do
nosso vaso, contar a vida deles e pedir mais carinho nas costas. Mas não
suportam ouvir no dia seguinte um simples “gosto de você”. Covardes de
merda. Odeio essa hipocrisia masculina (...)".

PERFEITO!


Cansei disso e de muitas outras coisas. Mas continuo na luta hehehehe.
Vamos ver como são os americanos, espanhóis, argentinos, alemães, holandeses...


Beeeeeeeeijos!!

Saturday, October 20, 2007

Fotos


Marcus, Blake e Paula (atual au pair) indo para um jogo de futebol americano.

Bom, a Paula está sendo ótima comigo (como eu contei antes), ela me passa altas dicas por e-mail e pelo skype tb. Ela tá começando a aprender português com o noivo dela (americano) q morou dois anos no Rio e outro dia ela me mandou um e-mail que o assunto era "Oy!", aí fiquei sem entender e depois q percebi q era uma tentativa de dizer "oi" hehehehe. E expliquei a ela q não usamos o "Y" na língua portuguesa.
Teve um domingo q ela me ligou do skype. Detalhe: o meu microfone não funciona, aí ela ficava falando comigo e eu digitando. Aí o noivo dela tentou me ajudar a ligar o microfone falando com o português q ele "aprendeu" heheheh no Rio. E ela do lado sem entender nd. Foi engraçadíssimo!
Po, ela fala inglês, polandês, alemão (como segunda língua), arranha o finlandês e o russo e o próximo objetivo dela é falar português.
Tô adorando conversar com ela, pelo menos me sinto mais segura.


Esse é o meu pequeno Blake com uma tatuagem do time de futebol deles. Não percam o detalhe dos olhos. São lindos!! duas pequenas petecas azuis.

Beeeeeijos!!!

Dicas


Meninas, tô aceitando dicas de presentes, viu?
Sei que os hosts adoram chocolate (apesar de q acaba com a dieta deles hehehehe, como ela me disse) e vou levar uns daqui do Pará para todo mundo, com castanha, cupuaçu e bacuri. Q são maravilhosos!!
Vou levar também umas outras lembranças do Brasil, o clássico kit da Embratur; pensei em havaianas tb, o q vcs acham? e td isso p/atual au pair tb pq ela está sendo ótima comigo e até anda tentando falar em português (isso é outra coisa p/contar).
Bom, agora a dúvida é para os kids, pq afinal eles não são tão pequeninos né? um tem 11 e o outro 9. E aí, o q levar de brinquedos e coisas interessantes? sei q eles gostam de Star Wars (o mais velho é apaixonado por isso) e o menor gosta de ciências e td relacionado a isso.
Sei q vcs são criativas o suficiente p/me ajudarem hehehehe.

Beeeeijos!

Wednesday, October 17, 2007

My city



Essa é a minha pequena Charlotte em NC.
Pelas fotos eu gostei bastante. E espero gostar qnd estiver lá e aprender o inglês de verdade o mais rápido possível. Ninguém merece ficar por fora do q as pessoas estão falando.
Uma coisa eu sei q tem e sempre a minha family faz, q é assistir aos jogos de futebol americano. Existe coisa mais americana q isso?? :). Já tô louca p/assistir um.
Bom, já fiquei sabendo por algumas au pairs que a região é bem fria no inverno e bem quente no verão (essa do verão eu adorei! hehehe). Mas em todo caso, minha host vai mandar um casaco e alguns swearters p/o hotel de NY (uma amiga me disse q era melhor assim pq a Receita Federal tá pegando td, então eu correria o risco de nem receber essas roupas aqui).
Ai meu Deus, q medooooo!!

Mais novidades eu conto depois. Beeeeeijos!

Thursday, October 11, 2007

Histórias

Ah! recebi alguns e-mails de meninas q disseram q lêem o meu blog, q estão interessadas na vaquinha do Gap e lalalala. Adorei! me achei tão importante hehehehehe.
Mas entendo vcs, meninas, pq é f*** ficar nessa de esperar, esperar (eu q o diga) e não acontecer nd; ou então ouvir falar do Gap e não saber se realmente dá certo, pq até então só são histórias ... mas dá certo, sim!
Imaginem q são 2800 e poucas famílias inscritas ali e vcs só querem uma. Então não é possível q uma não se interesse por vcs. Mas é aquela coisa: "força na peruca, negas!".
Nesse tempinho lá, já tenho algumas historinhas, então resolvi contar a vcs e tentar abrir o olho de algumas...
1: Fiquei amiga de várias meninas da vaquinha e de amigas dessas amigas tb hehehe. Então uma delas continuou mantendo contato com um single dad p/ficar treinando o inglês. Ele foi ótimo! conversou horrores com a gente. Detalhe: colocaram o cara no msn com uma monte de brasileiras tentando conversar com ele heheheh. Foi uma cagada! mas muito engraçado.

2: Um hostfather respondeu o meu e-mail dizendo q estava interessado em uma au pair mas q não queria entrar em agência. E eu respondi q td bem, sem problemas. Aí ele pediu o meu msn p/conversar melhor. OK. Adicionei e ficamos conversando formalmente.
No final, ele disse q gostou da conversa, q eu era muito simpática, inteligente, feliz e MUITO bonita. Exatamente assim! achei estranhíssimo mas agradeci.
No outro dia, ele veio conversar comigo dizendo q contou a mulher dele q tinha encontrado uma au pair maravilhosa e eu toda feliz né? de repente ele começou a mudar o assunto: "vc sabe q passaremos muitos momentos sozinhos em casa, não é?". Nossa, fiquei maluca com isso!!!
O FDP simplesmente tava dando em cima de mim e o tempo todo tentando me convencer a ir sem agência , vê se pode!
Aí essa mesma amiga q ficou friend do single dad mandou e-mail a ele (sem saber q ele tinha dado em cima de mim) e, depois de algumas conversas, ele fez a mesma pergunta a ela. E olha q ele nem é bonito hehehehe. Ainda dizia q a mulher dele não é ciumenta e q eles têm uma relação "very, very open".

3: Por causa da comunidade "Au Pair" (uma das inúmeras heheheh) eu conheci uma menina q morava aqui em Belém tb. Somos super amigas agora, conversamos horrores e já contamos até segredos. E ela me contou q tava de rematch (foi expulsa da ex casa pq a family era completamente maluca) e encontrou uma família "ótima". Depois q ela chegou na casa, ela descobriu q a family teve duas au pairs em menos de 4 meses e q elas tinham simplesmente fugido e achou aquilo muito estranho.
Com o passar dos dias, ela começou a entender um pouco: a família é completamente porca, as kids ficam uns três dias sem tomar banho; só comem com a mão, nunca usam talheres; arrotam e soltam pum na mesa, sem problema algum; e só se chamam por palavrões. Mas até aí ela disse q aguenta. (ela é muito calminha, vcs não têm noção!)
Nesse mês teve o meeting e ela conheceu umas meninas da região... então qnd ela contou a family q estava, as meninas :O "ohh não acredito q vc está nessa família!!"
Simplesmente o host abusou de uma das meninas e ela fugiu, aí ele tentou abusar de outra mas não conseguiu e ela fugiu tb. Qnd soube fiquei maluca, né? e ela tá desesperada arrumando um curso o mais rápido possível p/poder mudar o visto e rasgar dessa casa louca. Pq a agência dela não permite dois rematches, o único modo de continuar no país é mudando o visto.
E acreditem q depois de td isso, ela nunca teve homesick em 7 meses de EUA.

Então, meninas, fiquem ligadas... pq é maravilhoso p/umas e cheio de problemas p/outras. E tô torcendo p/q todas tenham um ano maravilhoso.

Beeeeijos!

Bizarrice hehehe

A coisa mais engraçada do mundo tá sendo esse meu programa... e olha q ainda nem começou hehehehe.
Eu tenho recebido e-mails da família desde o dia 20/09 mas aí só tivemos o match oficial essa semana (como se tivessem passado tantos dias assim hehehe).
Então a Angie (nickname da host) me disse q a coordenadora (LCC) foi conversar com ela na segunda a noite e q ela entraria em contato comigo. Achei estranho pq nunca ouvi falar de nenhuma LCC q tivesse contato com as meninas antes de chegar lá, então comecei a achar q tinha entendido errado.
E não é q na segunda a noite eu recebi um e-mail dela preocupadíssima com o meu visto?! e outra, ela dizendo q no Brasil demora de 60 à 108 dias p/se conseguir o visto (rola essa lenda por lá, não sei pq). E q, apesar de ela ter explicado isso a eles, a family queria q eu fosse au pair deles mesmo assim e eles iriam me espear. Achei fofinho!
Bom, acredito q eles tenham realmente gostado de mim, pq por eles eu já estaria embarcando em novembro, mas terei q fazer uma pequena cirurgia e só poderia ir em dezembro, aí ela disse: "ok, Tayana. No problem! we will wait you".
Outra, a LCC disse tb q eles são uma excelente família (isso é o q todas dizem né? heheheheh) Vamos ver como será lá. Enquanto isso tô tranquila.
Sim, o nome da LCC é Nicole e ela é lá de Charlotte, então vou ficar mantendo contato com ela tb pq aí ficamos logo amiguinhas e caso, espero q não, eu tenha algum problema ela poderá ficar do meu lado.
Não adianta, depois de tantas e tantas histórias q eu já soube por blog, orkut, fotologs... eu tô com pé atrás em td!!!

Mas agora vou passar a escrever mais já que agora tô mais "experiente" e tenho muitas coisinhas p/contar.

Beeeeeijos!

Wednesday, October 10, 2007

I got a family!! :)

Yes, girls. Finally, I got my family :).

Deu um trabalhão mas eu consegui e isso não foi graças à minha agência, não. Todos os méritos ao GAP e hj posso entrar em alguma comunidade : "eu consegui uma family pelo Gap" heheheheh (caso exista). Quando resolvi fazer a vaquinha com as meninas, eu achava q seria muito legal ficar trocando e-mails, treinar o inglês, observar as maiores exigências das famílias e receber muitos "nãos" também (o que é muito comum...).
Então passei a me concentrar q essa era a minha maior chance de conseguir e não ter q ficar esperando a boa vontade da agência. Enfim, é correr atrás de seus objetivos e confiar de q dará certo. Vcs já assistiram " O Segredo"? é bem verdade q é meio chato mas o q eles mostram é altamente aceitável. Somos aquilo q atraimos p/nós mesmo. O segredo é acreditar q vc pode e pensar em coisas positivas.
Sim, voltando... após minhas sagas de mandar váááários e-mails por dia hehehehe. Eu acabei tendo três respostas positivas:
1ª Los Angeles - CA (quase todas as meninas são loucas p/ir p/lá mas confesso q não tenho muita vontade de morar, por enquanto)
Kids: 4, 2 and 1 year (never!)

2ª West Orange, NJ (minha maior vontade era morar perto de NYC, com certeza! hehehehe)
Kids: 6, 1 and 1 month (never!)

3ª Charlotte, NC (apesar de q não conheço a região ouvi falar muitas coisas boas. Q é bem bonito e Charlotte é a maior cidade de North Carolina)
Kids: Marcus 11 and Blake 9 (yeeees! hehehehe)
Hostfamily: Angela and Marc Alexander

Alguém teria alguma dúvida? sempre ouvi falar q não devemos escolher pelo local e sim pela família. E eu gostei muito dessa, além de q eles têm uma au pair há 2 anos e meio (já é um bom sinal) q é polonesa vai casar com um americano e q, antes de voltar a morar em Charlotte, ele morou dois anos no Rio. Outra, a ex-mulher dele (brasileira) nasceu aqui em Belém. hahahahaha. Olhem só o destino :)

Então já combinamos q chegarei lá dia 03/12. Iupiiiii!!!

ps: depois eu conto mais coisas p/vcs. Aiiii tô tão feliiiiz!

Beeeeeeijos!!



Marcus, Marc and Blake in DC .

Marcus, Angie and Blake

Thursday, October 4, 2007

Aniversário uhuhuhuhuh!!

Nossa, como o meu aniversário passou rápido e como, em um ano, as coisas mudam tanto a gente... lembro q ano passado eu estava no comecinho do processo do au pair, correndo atrás da minha carteira de motorista e imaginando q ela sairia o mais rápido possível. Engano meu. As coisas nunca a acontecem ao nosso tempo e à nossa hora. Elas acontecem no momento exato q devem acontecer.
Ano passado o programa Au Pair era uma idéia, uma mudança de cotidiano, um conhecimento novo, planos... e esse ano já é o meu presente de aniversário e está quase td certinho e posso dizer q estou preparada para muitas coisas q aconteceram nesse um ano de experiência fora de casa.

"Hoje eu sinto que cresci bastante
Hoje sinto que estou muito grande
Sinto mesmo que sou um gigante
Do tamanho de um elefante
É que hoje é meu aniversário
E quando chega o meu aniversário
Eu me sinto bem maior
Bem maior, bem maior, bem maior
Do que eu era antes."



Beeeeeijos!

ps1: Tô muuuuuito feliz!!!
ps2: mais novidades nos próximos capítulos ehehehe

Monday, September 17, 2007

Teste de paciência

Nossa, qnt demora, qnt stress, qnt vontade de ter td diferente do agora, qnt terapia p/aguentar isso td e acreditar q vai dar certo.
O melhor de disso é q estou podendo conhecer váááárias meninas q vão, q já foram, q estão indo e outras q estão quase terminando o programa. Nossa, isso sim é uma delícia!
Poder acompanhar td de pertinho, como o caso da Clara q está indo no início de outubro cheia de esperanças, saudades do namorado, vontade de viver um mundo novo... como o caso da Tami, que acabou de chegar, e está sentindo falta de casa, dos amigos, do nosso lindo Brasil... como o caso da Ana Paula, q já está lá há 3 meses e tá indo maravilhosamente bem e todas aqui desejando uma family igual a dela ehehehe, já q eles parecem ser bastante queridos.
Fora as meninas q conheci na vaquinha do GAP (é povo, o negócio tá de um jeito q 15 meninas se uniram p/fechar uma vaquinha por três meses) e nisso tô conhecendo um monte de au pairs e, o melhor, estamos ficando amigas, dividindo lamentações, alegrias e angústias tb. Todas torcendo umas pelas outras. Já tenho até uma pupila ehehehe. Me preocupo com ela como se já a conhecesse há anos.
Outra coisa, poder ajudá-las a preencher application, carta p/família, informações sobre as vacinas, enfim... é bom demais!! Adoro poder ajudar as pessoas e vê-las felizes.
Q essa amizade nos ajude a suportar as dificuldades dos próximos dia a dia.


Ah! tenho um negócio p/contar... rodei a baiana na minha agência ehehehe. Conclusão, minha "nova" agente (diga-se de passagem, estou na 3a já) está com hepatite e ficará 15 dias de repouso (ou seja, o resto de setembro) e ninguém me avisou nd, olha q legal!!! :D Quase tenho um troço qnd a recepcionista me disse isso mas aí ela me passou o e-mail de uma "pessoa" p/eu conversar a respeito do programa e saber o q está acontecendo. Conclusão, ela me deu o e-mail do dono da agência mas não me disse q ele era o dono, mas eu já sabia (uma amiga já tinha trabalhado lá e me apresentou a ele uma vez).
E aí, adivinhem? falei um moooonte de coisas ehehehe, educadamente, claro! p/ele perceber q não estava falando com uma pessoa maluca. Aí ele me respondeu quase q imediatamente e disse q trataria pessoalmente do meu caso devido às várias coisas q aconteceram e, finalmente, estou com um 4o agente (até q a outra volte, é um professor q ficará tomando conta das coisas). Este, por sinal, me ligou no outro dia 2x vezes (me senti até gente, só pelo fato de ELES terem me ligado). Acho q as coisas agora vão melhorar. Tenho fé nisso!

Beeeeijos, queridas e até outras novidades!

Friday, August 10, 2007

Olhem o q eu encontrei

Gente, achei esse vídeo no You Tube e achei o máximo!

Já quero td isso correndo ehheheheh:
http://www.youtube.com/watch?v=a7_rrkll_xo&mode=related&search=

Beeeijos e boa sorte p/todas!

Saturday, August 4, 2007

Muitas dúvidas!

Meninas, acho q vcs são excelentes pessoas p/me ajudarem nessa dúvida q surgiu aqui.
Bom, sei que o meu aceite saiu há pouco tempo (meado de junho) e algumas famílias estiveram com o meu app, apesar de q não chegaram a me ligar... e depois q eu mandei um e-mail p/coordenadora de lá especificando as áreas q eu estaria interessada, nunca mais eu recebi e-mail algum.
Aí eu mando e-mail p/o Yázigi, p/a minha agente tb e nd. Ninguém me responde nd. Ou seja, tô completamente perdida e sozinha. Pq na verdade a minha agente não está mais no Yázigi, ela saiu e me disse q mesmo não estando mais lá, ela estaria acompanhando o meu processo... só q não consigo falar com ela e nem sei quem está responsável por isso lá.
Então a dúvida é, eu recebi um e-mail da STB dizendo de uma promoção p/au pair nesse mês de agosto q sai por US$ 750,00 a Au Pair Care sendo a inscrição por US$ 100 e o resto qnd encontrar a família e esse valor é o mesmo q custa a Interexchange aqui em Belém ( só q eu paguei US$ 300 na inscrição e é nisso q eu tô pensando, pq gastei uns R$ 600,00 à toa).

Enfim, o q vcs acham?? q eu devo esperar mais um pouco (praticamente por minha conta) ou mudar p/STB??
Me ajuuuudem!!! eheheheh. Beeeeijos!

Monday, July 9, 2007

Novas expectativas


(foto do meu novo trabalho esse mês. Que maravilha! eu estou no cantinho direito eheheh)

Meninas, depois de um tempinho sem postar nada e sem ter notícias de família nenhuma, recebi uma proposta de trabalhar no mês de julho (aqui em Belém essa é a época de verão, igual aos EUA ehehehe) na praia com promoção de eventos. Aceitei e está sendo ótimo. OK.
Bom, viajei na sexta e voltei no domingo a noite e então fui ler ansiosamente meu e-mail p/ver se tinha algo novo e, enquanto eu conversava com a Tami (futura au pair) e ela me contando de uma possível família p/ela, descobri q uma família tinha me mandado um e-mail eeeeeee!! \o/.
Detalhe, quase eu apago esse e-mail pq no Yahoo os e-mails ficam na caixa de entrada ou então são enviadas p/caixa de massa (qnd é um vírus suspeito) e geralmente eu apago os e-mails dessa caixa. E sem querer eu abri um com assunto: "Hello from USA" (achando q fosse um vírus, né?) e no texto começa assim: "Dear Tayana". Que susto que eu tomei!!!
E aí fui correndo falar p/Tami: "Tamiii recebi o e-mail de uma família" ehehehe. Aí as duas ficaram super curiosas.
Aí mandei um e-mail de volta. Vamos ver no que vai dar né?
Só sei que eles são de NY, são um casal: a menina de 5 e o menino de 3. Mas o ruim é: eles trabalham nos finais de semana, a mãe é controladora de vôo (se ela soubesse a cagada que isso tá aqui hehehe) e o pai é piloto, ou seja no weekends off. O quê vocês acham?

Enfim, qualquer coisa eu aviso aqui, tá?

Beeeeijos!

ps: Sucesso p/Andressa que embarcou esse final de semana. Uhuhuhu. Ela merece pq a espera foi grande.



Friday, June 29, 2007

Aguardando...

Duas famílias já pegaram o meu application e nd =/.

Poxa, que coisa chata isso de as famílias pegarem o seu app e não ligarem, não mandarem e-mail...
temos tanto cuidado em não dispensar ninguém.

Enfim, só resta esperar e ir estudando inglês pq na hora da ligação é um nervosismo só.
Uma vez uma família do GAP me ligou e eu fiquei simplesmente desesperada:
1º tinha q saber controlar o nervosismo
2º tinha q pensar em inglês e traduzir p/o meu português, simultaneamente, no meu pensamento
3º pensar no q iria falar.

Ou seja, a família nunca mais ligou eheheheh. E olha q tivemos contato a semana toda.
Vamos ver as coisas essa semana. Beijos!

Thursday, June 28, 2007

Primeiro post



Olá, meninas!

Criei esse blog com a finalidade de conhecer outras au pairs (tanto as que já estão no EUA quanto as futuras).
Espero ter contato com bastante meninas e que daqui p/frente seja muito importante tudo o que venha a acontecer em nossas vidas.

Beeeeijos!